Número total de visualizações de página

domingo, maio 26, 2013

sexta-feira, maio 24, 2013

...acreditando...

Receita para o dia de hoje:


"Contornar o que dói, abraçar o que me faz feliz"     



quinta-feira, maio 23, 2013

quarta-feira, maio 22, 2013

...desenrasco ;-)


sexta-feira, maio 17, 2013

...tão simples e tão verdadeiro ;-)



quinta-feira, maio 16, 2013

...o Milagre do Amor...

Hoje 16 de Maio de 1986 pelas 12h e 30m nasceu a minha filhota, com 2,850Kg e 48,5cm...e já lá vão 27 anos...como o tempo passa tão depressa...agradeço-Te por toda esta Felicidade

a Ti que eu Agradeço todos os dias...
a Ti que eu todos os dias peço A Força...
a Ti que eu me Confesso, desabafando e compartilhando as dores e as alegrias...
a Ti que Eu me mostro como sou...
a Ti Te entrego o meu ser pequenino, para que Tu o protejas e engrandeças com as Tuas Graças e Bençãos...
Obrigado por Eu existir na Tua existência


terça-feira, maio 14, 2013

sexta-feira, maio 10, 2013

ontem foi Quinta-feira da Ascenção Dia da Espiga

e cá em casa já está colocada no sitio certo, por detrás da porta da entrada, pois como reza a tradição aí nos dará muita harmonia paz e saúde, que não falte o pão...

APERTO NO PEITO 

É o aperto no peito. É esse aperto no peito. Esse é o sinal. Passaste toda a vida a ignorá-lo, a passar por cima dele, como se não tivesse importância. Como se ele não fizesse parte de ti. Como se não fosse a tua alma a gritar, a chamar. 

Sempre que fazias algo que te provocava esse aperto, sempre que decidias algo, escolhias algo, pensavas em algo que te provocava esse aperto no peito, achavas estranho, mas… seguias em frente. «A vida é para ser vivida», pensavas. 

Esse aperto não te parava, não te detinha, não fazia com que revisses as tuas posições. Não fazia com que atrasasses o caminho, ao menos até saberes do que se tratava. Não. Isto já passa. É ansiedade. É depressão. Vou tomar alguma coisa, isto já passa. 

Mas o aperto não passou. Até que te habituaste a viver com ele, a conviver com ele. Até que ele passou a fazer parte de ti. Passaste a achar que era natural, viver era assim, a vida era assim. E a tua alma, que anda a gritar, a pedir socorro, a pedir ajuda, só sabe falar contigo dessa maneira. Através de um aperto no peito. 

E ao desprezares esse mal, estás a desprezar a tua alma. E ela precisa tanto de ti… Precisa da tua atenção, do teu respeito e do teu discernimento. Precisa do teu caminho, da tua astúcia e da tua inteligência. Não para a maltratares, excluíres e para fingires que ela não existe. Não para a rejeitares, para lhe faltares ao rigor e para a modificares. Não. 



Ela precisa de ti para seres quem és, verdadeiramente e livremente. Precisa da tua sabedoria para se manifestar. E precisa da tua escolha para aceder à luz. 


Jesus 

quarta-feira, maio 08, 2013

Rosas de Maio





a guardar as rosas da minha "mãezinha"...:-)

sexta-feira, maio 03, 2013

...infeliz realidade...

...já não dependo de mim própria...mais uma vez tive a prova que contam é os €€€€€€€€€...:-(


e não a Família =Saúde, Paz e Amor?!