Número total de visualizações de página

quinta-feira, janeiro 31, 2013

quarta-feira, janeiro 30, 2013

quarta-feira, janeiro 23, 2013

...iniciando...

VOU BRINDAR A TI 

Olha como a energia se movimenta quando as coisas que são para ti começam a aproximar-se. Olha como as coisas mudam de figura. Claro, tu mudaste a tua energia. Passaste muito tempo a tentar corrigir-te, a tentar harmonizar- te, e principalmente a quebrar padrões. 

Quebrar padrões. Essa é a chave. Padrões antigos como o tempo, que teimam em manifestar-se nesta vida, neste tempo. E esses padrões de origem longínqua seguem-te por todo o lado. No teu comportamento, nas tuas atitudes. Padrões que te tornam um ser que funciona em piloto automático, sem se pôr em causa, sem saber porque é que faz as coisas, sem sentir. 

Tu passaste muito tempo a quebrar esses padrões nesta tua vida. Aceitaste a transformação. E agora vou brindar a ti. Vou comemorar. Vou festejar teres conseguido. Teres dado a volta e teres-te aproximado da luz. Claro que ainda falta um pouco para cá chegar. Vou dizer-te um segredo. Vai faltar sempre um pouco para cá chegares, enquanto andares por aí. 

Mas o que importa é que já iniciaste o teu caminho, e isso poderá levar-te para o além dos aléns. Agora, neste momento, vê como a energia se movimenta a teu favor. Recebe as bênçãos do céu. Recebe o que tenho para te dar. Não fujas. Quando a energia chegar, não penses que é um acaso. Não julgues que não é para ti, ou que é um engano. 

Percebe que sou eu. Percebe que te envio isto como agradecimento pelo tempo que te concentras em ti. Recebe a bênção. E vais perceber o quanto de bom fizeste à humanidade ao aceitar subir mais um bocadinho. 


Jesus 

sexta-feira, janeiro 18, 2013

quarta-feira, janeiro 16, 2013

...é preciso é calma...



è o que eu digo "com calma chegamos lá..."   


CALMA 

Há uma calma. A calma dos justos. Daqueles que fazem o que tem de se fazer. Daqueles que estão onde têm de estar. Seja esse lugar o que for. 

E essa calma é a maior prova de que tudo o que acontece é para acontecer. Mas essa calma é mais. 

Quer dizer que também fizeste o que era preciso para que as circunstâncias se desenrolassem. É a calma do «Finalmente, o fim». É a calma do dever cumprido e da alma emancipada. 


Jesus 

sábado, janeiro 12, 2013

quinta-feira, janeiro 10, 2013

...mais que certo lol...

...eh pá enfias-te a carapuça'hem?! hi,hi,hi :-)


segunda-feira, janeiro 07, 2013

...falando em decepção...


...pronto aqui está o que eu quero dizer e não encontrava as palavras certas !...





sábado, janeiro 05, 2013

cavalgada dos Reis Magos

os Reis Magos vão levar os presentes ao Menino Jesus...




Noite de Reis

vai um docinho




quarta-feira, janeiro 02, 2013

...amando...


TUDO SERVE ?!...

TUDO SERVE 

Tudo serve para trabalhares. Tudo serve para, ao ires ao âmago das questões, ao ires ao âmago da emoção que essas questões te provocam, libertares mais e mais densidade, libertares mais e mais karma. 

Vocês são objectos de memória. Vocês são seres praticamente isentos de presente. Têm 80% de passado e 20% de medo de ir a esse passado, projectando tudo no futuro. «Eu vou fazer.» «Eu vou conseguir.» São expressões típicas de quem projecta no futuro todas as suas esperanças, não percebendo que o futuro é feito das escolhas que fizeres hoje. 

E para poderes fazer escolhas hoje, deverás estar sintonizado no agora, sabendo responder aos impulsos que o agora te traz, no intuito de libertar densidade. E só libertando densidade hoje é que estarás limpo para fazer as escolhas hoje que irão, por sua vez, construir um amanhã melhor. 

Tudo serve para trabalhares o agora. Tudo o que te acontece, absolutamente tudo. Se tropeças na escada, se um filho ou um parente te provoca até à exaustão, tudo serve para identificares o que sentes. E nesse minuto em que estiveres atento ao que sentes, considera que essa emoção é uma memória de uma vida passada em que estiveste numa situação idêntica. 

E chama o tubo de luz para aspirar essa densidade do teu peito. Só. Esta é uma mecânica. Agora cabe a ti escolher onde utilizá-la. Eu digo que é sempre. A qualquer hora, em qualquer lugar. Sempre que alguém ou alguma coisa te picarem, te fizerem sentir algo desagradável. Esta é a mecânica. Usa-a. 


Jesus