Número total de visualizações de página

sexta-feira, dezembro 30, 2011

AMIZADE


...Há vinte e sete anos
que não sabia da "Málinha=MªAmália" no dia 27/12/2011
falámos por telefone e foi...é...muito bom recordar...

vruuummmm...deixem passar...sou o próximo Ano



vruuummmm...deixem passar...sou o próximo Ano o

2012











http://youtu.be/ZhFpzzaiqWw

quinta-feira, dezembro 29, 2011

...xxiii...que saudades...


Ai que saudades do Tio Patinhas

E que bons velhos tempos em que ainda se viam algumas moedinhas de ouro !!!!!


Calendário semanal...

O meu Calendário semanal...

E de certeza

o de muitas pessoas



Isto é uma brincadeira de fim de ano por isso

Desejo a todos os que "espiolham" o meu blog:

Um 2012 cheiinho de Saúde, Paz e Amor...tudo isto com muita Imaginação, há,há :-)

Bjokinhas da v/Clarinha

segunda-feira, dezembro 26, 2011

...anoitece em Portugal

NOITE

DE


NATAL



24 de Dezembro de 2011

domingo, dezembro 25, 2011

sexta-feira, dezembro 23, 2011

...hoje comemora-se a noite do teu nascimento...

...e será que por Tu teres nascido Eu existo?

...linnnnnddddoooo...

......hum este pequenino está com frio...

Os animais dão-nos grandes "lições de vida"

Para mim quem trata mal um animal é porque é um grandessisssimo
ANIMAL! SEM CABEÇA SÓ COM RABO...

...Natal 2011...


E pronto cá estamos novamente noutro Natal, com muita Saúde, Paz e Amor assim é maravilhoso...obrigado :-)...a mim à minha filhota e ao meu maridinho e não posso também esquecer o carinho dos meus animaizinhos de estimação que me aturam as "malazeiras", também agradeço a toda a família e amiguinhos...

terça-feira, dezembro 13, 2011

...vale a pena VIVER...


Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo.
E que posso evitar que ela vá a falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e
se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar
um oásis no recôndito da sua alma .
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um 'não'.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo...

(Fernando Pessoa)

domingo, dezembro 11, 2011

...o Natal bata à porta...


Por estes dias, sente-se já no ar o aroma inconfundível de uma época única. Todos os anos vivemos a quadra natalícia, desejando Saúde, Paz e Amor a todos quantos nos são queridos e a nós mesmos.

IMAGINA...

IMAGINA

Não deixar entrar. O segredo é esse. Não deixar entrar. Imagina um dia em que
a tua energia está tão resolvida, tão concentrada, tão esclarecida e
emancipada. Imagina um dia em que o teu sistema energético vibra pela tua
única e inconfundível frequência. Que vibra pela energia una da tua alma,
e que se mantém assim inalterada, para o bem e para o mal, imune às
interferências do exterior, às interferências dos humores e da matéria. Era só
isto que eu queria que tu fizesses. Só isto.

E como sei que o «só isto» é muito, dou-te uma dica. Não deixar entrar. Tenta
não deixar entrar as informações que vais tendo na matéria. Os problemas
surgem? Devolve-os, mas sem os deixar entrar dentro da tua energia. Resolve-
os, sem te alterares, sem deixares que a energia densa de um obstáculo
«suje» a tua própria energia.

Existe um conflito? Resolve-o, mas sem deixar entrar. Olha para ele, sabendo
que ele tem a importância que tem, e mais nada. Não o deixes perturbar a tua
vida. Toma só cuidado para que esse «não deixar entrar» seja real, de dentro
para fora, e não apenas uma racionalização das emoções.

É claro que se, por vezes, não conseguires fazer isto, não conseguires não
deixar entrar, é claro que se, em alguns casos, o conflito te tocar forte e
fundo, até nessa altura saberás o que fazer. Chora, abre o peito e retira a
densidade. Não culpes ninguém. Se a energia do conflito entrou é porque
havia uma memória de dor para soltar. E depois disso feito, volta à matriz.
Centra-te. Volta a sentir a tua energia e tenta não deixar mais nada entrar.

Este é um dos maiores segredos da vida. E um dia, quando já nada, mas
absolutamente nada, entrar para te perturbar, quando só entrar amor, afecto e
energia sensível, nessa altura terás terminado a tua função na terra e poderás
vir cá para cima sem medo de ser puxado novamente pela roda das
encarnações. Nessa altura o teu espírito e a tua alma irão unir-se
definitivamente – pois terminou a experiência da matéria – para poderem,
juntos, continuar a sua jornada rumo à eternidade.

quinta-feira, dezembro 01, 2011