Número total de visualizações de página

quinta-feira, janeiro 26, 2012

...hoje sinto-me assim :-( ...



Deste lado do mundo

espero na passagem das horas

um novo solstício

olhando timidamente

a horizonte.

do pés colados a rocha

a dureza da terra

suplicando novos tempos

e a pedra tão infinitamente

negra e fria

espera também o sol.

Deste lado do mundo

o silencio baila

ao som suave da brisa

amanheceres cinzentos

palavras amarelecidas

espalhadas no chão

esperando o tempo

um novo tempo .

Talvez renasçam

no meu corpo

esperanças prematuras

talvez o meu corpo

abandone este estado

estático e inerte

muito antes

da estação das flores

Talvez as palavras

germinem vibrantes

de cor e alegria

na sementeira

prematura

plantada em terreno fértil

antes do amanhecer

da luz.

Sem comentários: