Número total de visualizações de página

sexta-feira, março 15, 2013

...transformação...

DESCOBRE A TRISTEZA 

Quando uma pessoa estiver muito zangada contigo, quando ela estiver a considerar que devias ter feito assim ou assado, percebe o seguinte: Essa pessoa está em dor. Dói-lhe o peito, e como ela não tem experiência em gerir as coisas do peito, acaba por ficar com raiva. «Essa raiva giro eu bem», pensa ela. 

Mas a raiva destrói o vosso sistema central, que fica desprogramado necessitando de ser alimentado por mais raiva. E o círculo nunca mais pára. E a dor fica por explorar, por limpar e por chorar. O luto fica por fazer. Queres ajudar? Quando alguém estiver muito zangado contigo, pergunta-lhe: «Estás triste porquê?» E ajuda-o a aceder à sua dor. À sua tristeza. 

E conforme o ser vai acedendo à dor, vai perdendo a raiva, pois esta só estava aí para protegê-lo de aceder à dor – com todas as consequências que a raiva atrai. Conforme o ser vai acedendo à dor, vai perdendo violência. E deixando, naturalmente, de atrair violência. 

Queres mesmo ajudar? Faz assim. Quando alguém estiver chateado contigo, descobre qual o motivo, ajuda-o a aceder à sua tristeza e dá-lhe um abraço. E fica, assim, a confortá-lo na sua dor. E os dois nunca mais irão esquecer esse dia. E as vossas almas serão amigas para sempre. 


Jesus 

digo eu: um abraço e um beijinho com muito amor e carinho acaba com a tristeza e volta a alegria...:-)

Sem comentários: