Número total de visualizações de página

sexta-feira, julho 12, 2013

...aceito-me...aceito-te...

ACEITAÇÃO 


O que é que viemos fazer à terra? Adquirir e amealhar bens materiais? Ter uma profissão? Adquirir poder? Status? Nada disso. Vimos à terra processar as emoções, o que nos permitirá vivenciar tudo. Vimos à terra vivenciar tudo. Cada uma das partes do dual. Umas mais agradáveis do que outras. 

Porque é que nos ensinam que sofrer é bom? É porque devemos sofrer? Não. É porque aceitamos normalmente todas as situações boas pelas quais passamos. Porém, rejeitamos as situações menos boas (as que não podemos modificar) pelas quais também temos de passar. 

Na realidade, a grande lição não é que sofrer é bom, mas que, da mesma forma que aceitamos vivenciar a felicidade, também deveríamos aceitar a infelicidade, em igual proporção e cabimento. Só assim, aceitando vivenciar os dois extremos de um mesmo conceito, é que poderemos dar o assunto por encerrado e passar à etapa seguinte. 

Por isso aceita vivenciar o que te está a ser proposto, seja o que for. Se não puderes mudar o rumo dos acontecimentos, fica, não fujas da dor. Não fujas do sofrimento. Seja o que for que te está a ser proposto, aceita. Vivencia. Sente até ao fim. Chora, se for preciso. Só assim estarás pronto para arrumar o assunto e continuar a jornada. 


Jesus 

Sem comentários: